Facebook Pinterest

Food Styling – parte 1

Amamos comida e amamos fotografia, então o food styling é uma dessas coisas que enchem nossos olhos de encanto!
Simplificando bastante o significado para quem não conhecia ainda, o food styling consiste em juntar essas duas artes (gastronomia e fotografia) criando o estilo da composição fotográfica de acordo com o que se quer transmitir com aquela imagem. Valorizar os alimentos, as cores, texturas, etc… tudo para tornar aquela imagem mais atraente e fazer a nossa barriga roncar. haha

Como esse tema rende muita coisa linda de se ver, para esse primeiro bloco selecionamos 10 exemplos que gostamos, apenas com fotos de vista superior.
Aquele ditado que diz que a gente come primeiro com os olhos nunca fez tanto sentido… :)

via Isabel Armesto Espinosa / Pinterest

via Isabel Armesto Espinosa / Pinterest

via RecipeTin / Pinterest

via RecipeTin / Pinterest

via Sabrina Tornincasa / Pinterest

via Sabrina Tornincasa / Pinterest

via Sarah Haas / Pinterest

via Sarah Haas / Pinterest

via satsuki shiibuya / Pinterest

via satsuki shiibuya / Pinterest

via Savannah Onofrey / Pinterest

via Savannah Onofrey / Pinterest

via sfgirlbybay : victoria smith / Pinterest

via sfgirlbybay : victoria smith / Pinterest

via suleewan sirisubpokkakun / Pinterest

via suleewan sirisubpokkakun / Pinterest

via tyffany nguyen / Pinterest

via tyffany nguyen / Pinterest

via Tsvetelina Zhivkova / Pinterest

via Tsvetelina Zhivkova / Pinterest

O Sal da Terra

20140526-sebastiao_salgado_-_divulgacao

 

Acabei de assistir o documentário sobre o trabalho de Sebastião Salgado, e embora faltem palavras para organizar e assimilar o misto de sentimentos que esse documentário trouxe, existe uma urgência tão grande em colocar pra fora todo esse turbilhão – quem sabe numa tentativa de serenar de novo a alma – que a inquietude depois dessas duas horas de filme não me deixou simplesmente deitar e dormir.

Já imaginava que não seria um filme qualquer. Já imaginava que teria muita sensibilidade e força, assim como o trabalho desse fotógrafo, que na minha humilde opinião é um dos caras mais relevantes na fotografia… daqueles brasileiros que nos faz encher o peito de alegria em falar que compartilhamos pelo menos a mesma pátria de origem.

O filme não é uma mera exposição reunida dos trabalhos de Salgado… é mais. Um filme que faz a gente chorar e se emocionar só de lembrar das imagens que vimos, tem um poder muito maior que ser apenas uma seleção de trabalhos para relembrar. Eu que não sou jornalista, tenho dificuldade para definir o que foram essas duas horas de filme. Faltam palavras pra descrever, talvez porque nós simplesmente não estamos mais condicionados a sentir tudo assim, tão a flor da pele como o filme e o trabalho do Salgado nos traz.

É admirável a dedicação da própria vida para mostrar ao mundo tudo o que poderíamos ver por aí, se tivéssemos metade da coragem e empenho que ele teve e tem, superando desafios, vivenciando situações extremas para nos mostrar o que ele viu. E viu tanta coisa… coisas belas, coisas tristes, coisas aparentemente simples que ele tem o dom de fazer brilhar aos nossos olhos, e coisas tão importantes que nos fazem até pensar: o que será que eu estou deixando como legado nessa minha vida?

Quem já admirava os trabalhos dele sabe o quão incisivo é cada clique, como os olhares por ele captado parecem nos deixar nus, despidos de qualquer proteção sensorial e até constrangidos por sermos inseridos de forma tão abrupta em cenas tão íntimas daqueles seres humanos, estando nós assim, tão confortavelmente vestidos, alimentados, com lares e famílias que mesmo tendo problemas como qualquer outro, nem se compara ao que aquelas pessoas dos retratos nos mostram. Mas o filme traz mais que isso… não é apenas o resultado final de toda essa sensibilidade e do trabalho impecavelmente executado. Traz também o contexto do clique, a reflexão numa conversa intimista  e realista sobre como aquela determinada cena inspirou o fotógrafo, e acima de tudo como aquele momento influenciou o ser humano que é Sebastião Salgado, e todos nós também.

A brevidade do tempo, o segundo que fica ali, eternizado… tudo é tão etéreo e ao mesmo tempo tão intenso. Milhares de histórias e sonhos sendo desconstruídos na dura realidade para serem construídos novamente, nesse nosso contexto de expectador. Não é fácil falar da percepção que temos sobre algo que nem vivenciamos totalmente, e ainda mais difícil tentar expressar o que nem conseguimos imaginar viver… estar no meio de um contexto tão real e doloroso que parece gerar um efeito contrário, de anestesiamento da alma, onde toda a vida perde o sentido de sobrevivência. Qualquer palavra que tente expressar o sentimento é ínfima perto da realidade de quem viveu. Resta apenas aquele sentimento que entra no nosso peito, vai até a boca do estômago e cria um agitamento moral tão grande que nos desperta.

No mínimo curioso perceber (ou lembrar) que em pleno século 21 ainda existem seres humanos como nós, vivendo em condições tão diferentes. Falo de alguns casos mostrados ali no filme, e então não digo que são condições difíceis e nem precárias, pois no fundo fica o questionamento sobre toda aquela simplicidade: quem será que é mais feliz? Quem vive mais em harmonia com o seu habitat? Quem é que corrói a alma com os maus hábitos, e desaprende fundamentos até então intuitivos da moral? Quem é que esquece o que é respeito e a paciência com o tempo? Não esse tempo que tentamos incessantemente controlar, mas aquele que passa rápido e nem percebemos o que estamos fazendo para preenchê-lo.

Por trás de todo esse legado ainda existe uma mulher incrível, que não só compreende essa alma inquieta, como estimula e o acolhia a cada retorno após as longas temporadas distante. Orquestrava junto toda essa linda melodia de sensibilidades, histórias, pessoas e lugares, além dos próprios dilemas e dificuldades que um núcleo familiar já demanda e são apenas citadas rapidamente no filme. Salgado vive para o mundo, muito além do seu próprio núcleo familiar, e não é nada fácil lidar com tudo isso também, além de inspirar todo esse processo criativo.

Fica ainda o aprendizado do que é reinventar-se e redescobrir-se no trabalho, vendo ainda a beleza no mundo à sua volta… ter a coragem de desnudar o coração  mais uma vez – este, que nos afeta de forma tão íntima – e ainda permitir-se sentir e transbordar essa sensibilidade nos projetos profissionais, mesmo depois de ter visto tanta coisa que ninguém nunca deveria ter visto, e muito menos vivido. Saber perdoar a humanidade por tudo isso que nos causamos diuturnamente a tanto tempo, milênios… e reverter todas essas histórias em combustível e bagagem para mostrar que há muito mais. Saber renovar as esperanças no homem, fazendo a sua parte na reparação do que foi destruído… e que bela parte!

A verdade é que mesmo eu tentando organizar esses sentimentos todos que afloraram, não é suficiente pois só você terá a exata percepção de como tudo isso te toca. E a reflexão sobre todo esse lindo trabalho já é valida, mas Salgado nos faz querer mais…

Ho Ho Ho

Preparamos uma seleção musical para você só apertar o play e entrar no clima dessa data especial… 
E aproveitamos para desejar um Natal muito iluminado para todos vocês, com muita paz , amor e gratidão, refletindo de verdade sobre o significado de todas essas palavras que tanto fazemos votos nessa época! ;)

Viajar para mudar o olhar

Amamos conhecer a Bahia, um lugar com belezas incríveis e com as pessoas mais gentis e hospitaleiras que já conhecemos… Ficamos encantados com tudo, e claro que não poderiam faltar alguns registros fotográficos.

Para ver mais fotos do Estúdio Loah, visitem nosso site: http://goo.gl/SWnfmu

20141030_fotografias_de_loah4
fotografias_de_loah9
20141030_fotografias_de_loah11
20141030_fotografias_de_loah13
20141030_fotografias_de_loah14
20141030_fotografias_de_loah17
20141030_fotografias_de_loah20

 

Kerby Rosanes

Já falamos que ilustradores tem o nosso amor eterno né? rs
Além de ser realmente um talento, é preciso muito treino, claro. Mas esse cara Kerby Rosanes eleva os desenhos de sketchbook pra um outro nível… o detalhamento, o traço… tudo lindo demais gente! Amamos!

Kerby-Rosanes

Painel de inspirações 3

 

 

 

 

Hoje o nosso painel de inspirações aqui no trabalho está assim: bem romântico e delicado. <3

painel_inspiracoes_base_3

Feliz dia do cliente!

wallpaper_Loah_cor_1024X768Hoje, 15 de Setembro, é o dia do cliente! E sem vocês, o que seria de nós afinal? rs
Como uma lembrancinha de agradecimento, estamos disponibilizando gratuitamente uma arte criada pelo Estúdio Loah para você usar como fundo de tela no computador ou notebook, e que ainda te ajuda a organizar a área de trabalho.

Disponibilizamos nas versões colorido e PB, e em 4 formatos diferentes, para você escolher de acordo com a resolução do seu monitor. Os formatos são:
1280X800 px
1024X768 px
1280X1024 px
2560X1440 px

Para usar é só você:
1 – Baixar o wallpaper do Estúdio Loah aqui
2 – Descompactar a pasta wallpaper.zip
3 – Salvar a imagem escolhida como fundo de tela
4 – Arrastar os ícones e pastas da sua área de trabalho para cima da ilustração com a categoria mais adequada para você!

Esperamos que gostem, ajude no dia a dia, e fiquem à vontade para divulgar o link para os amigos! ;)

Muito obrigada por escolherem o Estúdio Loah! 

Larissa

10 inspirações para organizar seu espaço de trabalho

1 – Cores Neutras

Uma boa dica para a organização do espaço de trabalho é que além de manter o espaço limpo fisicamente (claro! rs), você também pode apostar em um visual mais limpo e neutro em termos de cor (branco, bejes, champagne, etc). Assim, qualquer outra informação de cor dos objetos que você tenha por ali, não interferem tanto na composição visual do que você vê quando está lá, trabalhando.

branco_cores

 

2 – Caixa organizadora
Com cada coisa em seu lugar, você não precisa ficar procurando um clipe no meio das canetas ou perdido na gaveta.

caixa-organizadora


3 – Calendário e porta-recados

No caso, o calendário da foto é tipo relógio e mostra só o dia atual, mas cada um escolhe o tipo que gosta mais! Apesar de já ter calendário no computador, nós aqui ainda achamos mais prático ter essa informação com uma fácil visualização, sem precisar clicar em nada. Além disso, também amamos porta-recados diferentes e criativos. Você deixa o seu espaço bonito e não fica que nem doida procurando suas anotações.

calendario-e-porta-recado

4 – Detalhes
Não é porque a sua mesa de trabalho precisa de organização que não pode ter um espaço para algo decorativo. Pode ser um vasinho, algum objeto que você goste, um porta-retrato… assim é mais prazeiroso ficar sentada trabalhando.

detalhes-glamour

5 – Divisórias e caixas de acrílico transparente
Com a transparência, você minimiza mais uma informação visual entre os seus ítens, e o acrílico transparente é seguro, resistente e fácil de limpar. Ótimo para guardar e organizar suas coisas!

divisorias-e-caixinhas-de-acrilico

6 – Soluções criativas
Cada pessoa tem a sua personalidade, e é legal quando podemos transpor isso num espaço onde ficamos tanto tempo trabalhando. Por isso, solte a criatividade e descubra as soluções que mais lhe agradam! Até um estrado pode virar um suporte vertical para você pendurar ítens mais leves de forma organizada. 

estrado

7 – Mural na parede
Se a grana estiver curta, também não é impedimento para você dar seu toque particular no espaço! Basta usar algumas fitas adesivas coloridas, e montar um painel na parede! Você não fura nem danifica a parede,  e ainda pode trocar as fotos e recados quantas vezes quiser. Dica: tente harmonizar as cores das composições da parede com o que está na mesa… olha como fica charmoso e visualmente mais agradável.

parede-mural

8 – Prancheta personalizada
Lembra quando a gente ia em excursão de escola e usava prancheta para fazer as anotações de pé? rs Então… ela não serve só para isso! :D Você pode utilizá-la como suporte vertical na parede ou no mural, trocando os recados, lembretes e imagens inspiradoras com a maior facilidade. Personalize-as do jeito que você mais gostar também! Achamos essa da foto muito linda! 

prancheta-customizada

9 – Até a borda da mesa pode ser útil
Principalmente se a sua mesa é pequena, cada centímetro pode ser disputado para você dispor as suas coisas de forma organizada. Então olha que idéia bacana esses suportes laterais tipo clipe, que prendem na lateral da mesa.

vasinho_e_porta_treco_lateral

10 – Organização vertical e modulável
Para ganhar espaço na mesa e  não precisar esbarrar com o braço em nada, você pode investir em ideias como essa: um painel vertical onde você monta a organização de acordo com a sua necessidade e gosto pessoal: podem ter mais cestinhas ou mais prateleiras, mais retratos ou porta-trecos. Você ainda pode pintar esse painel da cor que mais gostar e deixar ainda mais com a sua cara! Legal ne?

painel-para-pendurar

 

Painel de Inspirações #02

Hoje (05 de Setembro) é dia da Amazônia!
O nosso pedaço mais precioso, e infelizmente tão pouco valorizado pelos brasileiros.
Há tanto para ser feito e cuidado ainda… mas gostaríamos de deixar uma homenagem positiva, enaltecendo as riquezas e belezas da nossa fauna, flora e das crianças que serão o futuro do nosso país. ;)

painel_inspiracoes_base_2

Painel de Inspirações #01

Quando vamos começar um projeto, a primeira coisa a se fazer é buscar referências para compreender melhor o contexto do negócio, do cliente, etc. 
Aí pensamos: vamos compartilhar essa pesquisa de referências com quem segue nossos canais nas redes sociais!
Assim vocês podem conhecer um pouco mais da nossa metodologia de trabalho, nossas ideias, e encher os olhos com o que nos encantou por aqui também!
Mais um pedacinho do dia a dia do Loah para vocês! ;)

painel_inspiracoes_01

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...